Siga-nos nas redes:   
Notícias
Pets em Condomínios
Convivência com os Pets.
11/12/2017

Os animais domésticos estão tornando-se cada dia mais parte da família.
Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui mais de 132 milhões de pets de estimação – ficando em quarto lugar no ranking mundial. No entanto, ao escolher morar em condomínio, tutores e tutoras precisam obedecer a algumas restrições para evitar possíveis transtornos com os vizinhos.

O animal pode viver tranquilamente com seu dono desde que o mesmo não atrapalhe a saúde, o sossego e a segurança dos outros moradores. Regras como limpar o local onde o animal sujar e tomar cuidado para que ele não fuja do apartamento, que em geral fazem parte do regulamento interno do condomínio, precisam ser seguidas.

De acordo com Lilian Alves, vice-presidente de condomínio da Secovi, as normas passaram a existir após incidentes e reclamações. Lilian afirma que o tutor necessita tomar certos cuidados. "O dono precisa conhecer o seu animal, para que ele não incomode os vizinhos." A especialista destaca também os cuidados com a saúde do animal. "É importante que o pet esteja com sua saúde estável e com a vacinação em dia",destaca. Lilian acrescenta que em alguns prédios já estão sendo construídos áreas exclusivas para os bichinhos.

Confira a Lista com cinco dicas que podem ajudar na boa convivência:

Áreas comuns:
Evite permanecer por muito tempo com os animais em áreas de uso comum, tais como hall, garagem, jardins e playground.

Elevadores:
Mesmo não sendo proibida a entrada de animais no local, os donos podem perguntar à pessoa que está utilizando o elevador se ela se incomoda com a presença do animal. Se sim, o ideal é usar o elevador de serviço.

Saquinhos de lixo:
Ter sempre em mãos o saquinho para recolher os dejetos do animal é extremamente importante. Isso serve para o condomínio ou para rua.

Barulhos
É importante que o dono fique atento se o animal não interfere no bem-estar dos vizinhos na sua ausência. Os latidos constantes muitas vezes ocorrem porque o animal passa muito tempo sozinho.

Mau cheiro
Manter a boa higiene do animal é importante, já que odores e mau-cheiro causam incômodo aos vizinhos e se espalham rapidamente.
Fonte: O Povo
Link: https://www.opovo.com.br/
REDES SOCIAIS
Siganos nas redes:
   
ENDEREÇO
Rua Alceu Amoroso Lima, Edifício Antares, nº 314, salas 609 e 610, Caminho das Árvores, Salvador - Bahia
TELEFONES
Tel: (71) 3342-6160
Whatsapp: (71) 98113-3033
ACESSAR ÁREA DO CLIENTE