Siga-nos nas redes:   
Notícias
Uso adequado do Salão de Festas
Os parâmetros da Lei do Silêncio são claros: 70 decibéis entre 7h e 22 h e de 60 decibéis entre 22h e 7h.
06/03/2018

O nome é salão de festa, mas muita vezes poderia se chamar de ringue de desentendimentos. Para evitar que uma comemoração termine em guerra entre vizinhos, mais do que regras previstas no estatuto do condomínio, é preciso bom senso de quem dá a festa e do vizinho que mora perto do salão.
“Mas nem todos aceitam. A pessoa tem que entender que não é por que alguém comprou o andar de baixo [próximo ao salão] que vai se dar mal. Tem que respeitar”, desabafa o economista aposentado Antônio Cury, de 71 anos, morador do Edifício Pedra Nova, na Pituba.

Os parâmetros da Lei do Silêncio são claros: 70 decibéis entre 7h e 22 h e de 60 decibéis entre 22h e 7h.

Tranquilidade

Em meio à bagunça, existem moradas que não conhecem problemas com o mau uso do salão de festas ou de outros espaços comuns do condomínio. É o que afirma a engenheira Renata Carim, síndica do Neo Itaigara Life. “É raríssimo acontecer problemas relacionados ao uso do salão de festas. Estou aqui desde a inauguração do prédio [em março de 2016] e só lembro de uns três acontecimentos: uma vez estava muito bagunçado, em outra esqueceram um móvel fora do espaço e teve um morador que tentou entrar com um brinquedo muito grande”.
Renata diz que essa tranquilidade acontece por causa da boa relação dos moradores com ela e a administração do condomínio. “Pode até ser que, no futuro, a gente receba novos moradores e tenhamos problemas, mas não lembro de nada muito sério até agora”, reforçou.

Regras para um bom uso do salão de festas

Regras são regras Respeite os horários estabelecidos pelo estatuto do condomínio e os níveis de decibéis permitidos pela lei do silêncio (Lei Municipal 5354/98).

Espaço - Restrinja a festa ao espaço que é permitido pelo condomínio e evite ocupar outras dependências com as comemorações.

Decoração - Outra coisa a evitar é alterar a decoração do salão de festas, furando paredes, mudando objetos de lugar ou trocando luminárias, por exemplo. Se fizer, não esqueça de retirar as peças e rearrumar o espaço, inclusive arcando com obras físicas caso sejam necessárias.

Convidados - Normas escritas ou não de educação e boa convivência social são exigidas de todos os que participam da festa. Gritaria, brigas e discussões nunca são bem- vindas. Um convidado embriagado incomoda toda a vizinhança.

Limpeza - A maioria dos condomínios estabelece que o salão tem de ser devolvido limpo. Se prevista no estatuto, o descumprimento dessa regra pode, inclusive, gerar multa para o condômino que devolveu o salão sujo. Preste atenção também ao horário, a forma e a quem vai fazer o trabalho de limpeza para não incomodar ainda mais os
vizinhos que apenas querem descansar. o limpo para não atrapalhar os vizinhos no dia seguinte à festa.
Fonte: Correio 24 Horas
Link: http://www.correio24horas.com.br
REDES SOCIAIS
Siganos nas redes:
   
ENDEREÇO
Rua Alceu Amoroso Lima, Edifício Antares, nº 314, salas 609 e 610, Caminho das Árvores, Salvador - Bahia
TELEFONES
Tel: (71) 3342-6160
Whatsapp: (71) 98113-3033
ACESSAR ÁREA DO CLIENTE